SPMS pede que IMPIC apure inconformidades na plataforma Vortal

Data: 11/04/2016
 





Em despacho oficial, o Presidente do Conselho de Administração dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde - SPMS, pediu que fossem investigadas pelo IMPIC, as alegadas irregularidades no âmbito do concurso público, lançado pela instituição, em Dezembro de 2015, para a aquisição de uma plataforma eletrónica de contratação pública.

O pedido surge por parte da Gatewit em sede de audiência prévia, dado que foram identificadas um conjunto de irregularidades ocorridas na plataforma VortalGov utilizada pela SPMS na tramitação do processo.

Entre as questões que sugerem a ocorrência de irregularidades no concurso está a manipulação de data entrega de propostas bem como a deficiente encriptação de ficheiros e formulário principal da proposta.

O concurso público 135/DCS/2016 contou com a participação de cinco operadores económicos, fornecedores de plataformas eletrónicas de contratação pública, entre eles a ACIN, Miroma, ANO, Vortal, e Gatewit. O concurso público foi adjudicado à empresa Vortal, proprietária da plataforma onde decorreu o próprio concurso, pelo preço global de €46.932,00.

 
 


Notícias :
Contactos
 
Empresa
 
 
Localidade
 
 
* Campos obrigatórios